Oi, gente!

Como estão?
Tem algum jovem escritor aqui? Alguém que ama a escrita e sonha um dia escrever livros que serão lido por multidões?
Então, vem ler essa resenha: esse livro é pra você.

Título Original: Big Magic

Autora: Elizabeth Gilbert

Páginas: 192

Editora: Objetiva

Sinopse: Ao compartilhar histórias da própria vida, de amigos e das pessoas que sempre a inspiraram, Elizabeth Gilbert reflete sobre o que significa vida criativa. Segundo ela, ser criativo não é apenas se dedicar profissional ou exclusivamente às artes: uma vida criativa é aquela motivada pela curiosidade. Uma vida sem medo, um ato de coragem. A partir de uma perspectiva única, “Grande Magia” nos mostra como abraçar essa curiosidade e nos entregar àquilo que mais amamos. Escrever um livro, encontrar novas formas de lidar com as partes mais difíceis do trabalho, embarcar de vez em um sonho sempre adiado ou simplesmente acrescentar paixão à vida cotidiana. Com profunda empatia e generosidade, Elizabeth Gilbert oferece poderosos insights sobre a misteriosa natureza da inspiração.

Grande Magia é um livro de uma grande escritora para grandes, ou pequenos, ou aspirantes escritores. É um livro sobre criatividade, sobre a mágica que envolve a escrita, sobre a criatividade na vida, em todas as coisas, e como é importante viver uma boa relação com ela. Todos nós temos magia, todos nós temos criatividade, e a Elizabeth vai te convencer disso, se você já não pensar assim.

E, quando me refiro aqui a “mágico”, é no sentido literal da palavra. No sentido de Hogwarts. Estou me referindo ao sobrenatural, ao místico, ao inexplicável, ao surreal, ao divino, ao transcendente, àquilo que é de outro mundo. Porque a verdade é que acredito que a criatividade seja uma força de encantamento — não inteiramente humana em sua origem.


Grande Magia caiu no meu colo de surpresa. Eu não conhecia o livro até o dia em que comecei a ler, e não sabia o que esperar. (eu sei que tem na capa mas...) Não sabia que era da mesma autora de Comer, Rezar, Amar, e fui pega de surpresa com isso também. Comecei a ler com outros olhos, levando cada palavra dita ali a sério. Não porque simplesmente é de uma autora conhecida, não. Mas é de uma GRANDE autora, e alguém que com certeza tem algo a dizer. 

O livro é um "auto-ajuda" para artistas, escritores, pintores, desenhistas... mas não é só isso. 
Elizabeth nos conta experiências próprias e de amigos, conhecidos ou artistas famosos, a fim de nos provar seu ponto, nos mostrar que a Grande Magia está em todo lugar, cercando todo mundo. Elizabeth nos mostra, com seus olhos extremamente criativos, que esse nosso mundo não é restrito as coisas que podemos ver. Existe muito mais por aqui, e temos que reconhecer e viver com isso. 

Acredito que a inspiração sempre se esforçará ao máximo para trabalhar com você, mas, se você não estiver pronto ou disponível, ela poderá de fato optar por deixá-lo e procurar outro colaborador humano. Na verdade, isso acontece com frequência.

A autora também é extremamente - e as vezes cruelmente - honesta conosco à cerca da escrita. Ela nos conta suas histórias, nos fala como conseguiu chegar até onde chegou, e nos dá importantes dicas do que fazer. Ela é direta ao dizer que é a coisa mais difícil do mundo se deparar com um escritor bem sucedido, que vive da escrita, e como isso é bom. Viver da escrita nem sempre é algo tranquilo. Colocar pressão para "ganhar o sustento" na escrita não rende bons resultados. O capítulo em que ela nos conta isso, e dá argumentos para acreditarmos na afirmação, me marcou muito. Tirei mais de 60 marcações do livro (que li em e-book e estão todas as marcações salvas para eu ler muitas outras vezes), e várias delas foram desse capítulo. Na verdade... desde o primeiro capítulo fiz anotações. Foi um livro necessário para mim, e depois dele eu me senti muito mais inspirada a escrever, levar a vida sempre escrevendo, nunca parar.

Podemos sentir, no livro, a paixão que Elizabeth sente pela escrita. Ela se dedica a escrita como uma freira se dedica a vida religiosa - palavras da própria Liz - e é bonito ler, ver, conhecer essa mulher que está por aí olhando o mundo com outros olhos, e nos fazendo enxergar as coisas do mesmo jeito. 

Então liberte-se de seus medos e de suas inseguranças e de todas as ideias incômodas sobre o que acredita ser necessário (e quanto acredita ser preciso pagar) para obter legitimidade criativa. Porque estou lhe dizendo que você já tem legitimidade criativa, pelo simples fato de existir, de estar aqui entre nós.

Li, amei e favoritei no SKOOB. Virou meu ebook de cabeceira, sempre estarei relendo.
Ei, você, jovem escritor, você PRECISA ler esse livro. Se escreve por paixão, profissão, hobbie... qualquer uma das opções... só por ser escritor, artista, leia esse livro! Você vai se sentir inspirado e apaixonado, mais uma vez, pela sua arte.



Se interessou? Compre o e-book ou o livro físico na AMAZON!

                                                             


6 Comentários

  1. Oi Renata, tudo bem? Não sou escritora, mas mesmo assim achei a proposta do livro bem interessante.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi Renata!
    Sou fã da Elizabeth!A forma como ela escreve,o tapa na cara que ela dá na gente no momento certo e a simplicidade e objetividade com que ela escreve são impecáveis.É um "auto ajuda" diferente,até quem não gosta acaba saindo satisfeito.
    E a proposta desse liro é genial,liberar o espírito criativo dentro da gente..ela mostra que basta a gente acreditar e realizar,só depende de nós!
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Renata!
    O livro não é muito meu estilo, mas deve ser ótimo para escritores iniciantes.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Nossa adorei o livro, achei super bacana!! Já quero!!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  5. Oi Renata,
    Bacana a história e proposta do livro! Adorei :)

    Abraços,
    https://tonylucasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Renata, sua linda, tudo bem?
    Eu não sou escritora, mas pela forma como você se apaixonou pelo livro, dá até vontade de ler. Acho que mensagens positivas podem servir para qualquer área, e não só a da escrita. Vou anotar a sua dia. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir