PARIS NO DIA DOS NAMORADOS (2015) 


Com um histórico romântico para lá de bagunçado, Lucy Rigby é mandada à Paris, a cidade mais romântica do mundo, com o dever de registrar o maior número de casais possível, para uma grande matéria na revista onde trabalha em NY. A viagem que antes era a trabalho, se revela bem mais agitada e cheia de possibilidades. Lucy levou apenas objetos de trabalhos na mala, mas tudo indica que vai levar de volta a sua cidade muito mais experiências e boas recordações.








NÃO ERA EU, ERA VOCÊ (2017)

Francine se orgulha de várias coisas. 
Ela sabe que é uma ótima corretora de imóveis e se orgulha de ser valorizada em sua profissão. Francine também sabe que o amor de sua família é grande e se orgulha da relação que mantém sempre balanceada com as irmãs, Franciele e Fernanda. Ela também se orgulha de ter o coração "de pedra", como costumam descrever, e não ter se apaixonado de verdade desde os quinze anos. 
Agora, Francine acaba de completar vinte e cinco verões. Está no começo da vida, na flor da idade, e esse ano tem tudo para ser o melhor de sua vida. Ela está no topo de tudo, mas, se há um problema de estar no topo, é que o vento lá por cima é sempre muito forte; pode fazê-la despencar em um piscar de olhos.

COMPRE O LIVRO FÍSICO DIRETAMENTE COM A AUTORA
SKOOB




AS LISTAS DE ELLEN (2016, AMAZON)

Ellen Farley é jornalista de fofoca de uma revista não muito famosa, em Nova York. 
Nesse mundo onde tudo vira notícia, Ellen fica sabendo de uma que não lhe agrada muito: rolam boatos pela redação sobre um corte de custo e o pescoço de Ellen está quase sendo cortado. Para melhorar, Max, seu namorado há três anos decide que a química não está mais funcionando e termina tudo. 
Com o emprego mais para lá do que para cá, Ellen - que tem mania de fazer listas - cria uma lista com possíveis empregos a quais se candidatar caso vá para o olho da rua. Um desses empregos é na revista Social Feminin, uma das poucas que cresceu no ano anterior. Num momento de insanidade, Ellen manda sua ficha para a revista, que logo a chama para uma entrevista. É aí que ela conhece Brandon Morgan, o novo redator-chefe da revista, o homem que pode mudar sua vida - em um sentido além do profissional.

POR QUE ACEITEI AQUELE PEDIDO? (AMAZON, 2016)



Lilly não quer se casar. Idealiza uma vida de viagens, liberdade e sem compromissos. Mas não precisa estar sozinha; Não. Don, seu namorado desde os tempos da faculdade, está em seus planos para o futuro, mas como um namorado tranquilo, conhecendo o mundo juntos e morando em apartamentos separados. Só que Don quer outra coisa.
Na noite de ano novo, com mais de cinqüenta pessoas de testemunha, Don se ajoelha e... pede Lilly em casamento. Em pânico, sem saber como rejeitar um pedido tão genuíno, ela acaba dizendo "sim", mas se arrepende profundamente quando percebe que a vida de casada não é para ela, e começa a se fazer a pergunta: Por Que Aceitei Aquele Pedido?

Deixe um comentário